sexta-feira, 19 de agosto de 2011

O QUE É TERAPIA MANUAL?



A terapia manual é uma parte da fisioterapia onde o fisioterapeuta aprende a avaliar como um todo seu paciente, avaliando a dor e disfunção, detectando anormalidades do movimento, testando tecidos estruturais anatômicos e formar um programa de tratamento relacionado diretamente com os achados da avaliação cumprindo seu objetivo.
Os terapeutas manuais utilizam suas habilidades de avaliação, conhecimento de anatomia, biomecânica, fisiologia, ergonomia, etc, para relevar a importância de cada componente de hipótese de trabalho da causa do problema do paciente.
O sistema músculo - esquelético é dividido em 3 partes: o sistema muscular, o sistema articular e o sistema neural. Para cada sistema existe um tratamento diferente, e a terapia manual provém de ferramentas próprias para detectar cada tipo de problema.
A terapia manual não é apenas uma especialidade para utilização de apenas técnicas de mobilização passiva, os terapeutas manuais utilizam inúmeras técnicas e procedimentos como massagem de tecidos moles, facilitação neuromuscular proprioceptiva, eletro, análise ergonômica, exercícios para melhora da força, coordenação, endurance, flexibilidade, estabilização segmentar, manipulação de alta velocidade, mobilização articular e mobilização neural.
Competência é definido como "capacidade ou habilidade suficiente, conhecimento, bom nível de experiência, qualificação adequada, mas não excepcional". Para ser um bom fisioterapeuta, temos que saber analisar os três sistemas musculoesqueléticos: sistema muscular, sistema articular e também o sistema neural.
"Eu sinto que a terapia manual irá preparar nossos futuros fisioterapeutas para possuir boa habilidade de raciocínio clínico para rapidamente identificar os problemas do paciente, suas importâncias e necessidades tratando os diagnósticos diferenciais" (FARREL, J., p. 5, 1996)

Nenhum comentário:

Postar um comentário